Arnaldo Barbieri Filho participa do Congresso da Sociedade Latino-Americano de Medicina Sexual em São Paulo

Médico psiquiatra, sexólogo e diretor do IES de Ribeirão Preto (SP) fez parte da mesa-redonda “Educação: sexualidade como prevenção” e apresentou o tema “Sex Toys para educação sexual?”  

 O médico psiquiatra, sexólogo e diretor do Instituto de Estudos da Sexualidade (IES) de Ribeirão Preto (SP) e Delegado do Estado de São Paulo da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana (SBRASH) Arnaldo Barbieri Filho, participou do XV Congresso da Sociedade Latino-Americano de Medicina Sexual promovido pela Sociedade Latino-Americana de Medicina Sexual (Slams).  O evento aconteceu de 5 a 8 de dezembro, em São Paulo, no Hotel Tivoli Mofarrej.

Barbieri Filho e o médico ginecologista Nelson Gonçalves, da Santa Casa de São Paulo, foram os debatedores da mesa-redonda “Educação: sexualidade como prevenção”.   A discussão também contou com as palestras: “Educação sexual em grupos especiais”, com a psicóloga Michelle Sampaio, do Hospital das Clínicas de São Paulo, e “Prevenção de abusos” com a ginecologista uruguaia, Estela Citrin Meller.   

Durante o encontro, Barbieri Filho apresentou o tema “Sex Toys para educação sexual?”.  O especialista falou sobre o uso dos brinquedos para exploração da diversidade sexual,  bem como dos cinco sentidos humanos.  “A exploração de estímulos da visão, do paladar, da audição, do olfato e do tato são muito importantes para a melhora do relacionamento íntimo. Vale a pena estudarmos cada vez mais o assunto”, afirma Barbieri Filho.

Sucesso – O Congresso Latino Americano acontece a cada dois anos e nesta edição contou com a presença de urologistas, ginecologistas, psiquiatras, psicólogos, fisioterapeutas, entre outros profissionais da área da saúde de toda a América Latina.

Foram abordados inúmeros temas em alta na área, todos com os objetivos de ampliar os conhecimentos sobre as dificuldades sexuais e os meios científicos mais modernos para tratá-las. Novas medicações, tratamentos fisioterápicos e psicoterapêuticos foram amplamente discutidos.

ImprensaPalestras

Comments are disabled.